18 de dez de 2007

PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DO SUL

NAS SERRAS GAUCHAS NUMA CASA TÍPICAMENTE ALEMÃ, UM FOGÃO À LENHA EM QUE SE FAZ EXCELENTE ÄPFEL-STRUDLE!
SERVIDO COM CREME DE LEITE BATIDO OU SORVETE DE CREME!
UMA PORÇÃO GENEROSA DEMAIS!
FAÇA SUA ESCOLHA!
-


BARRIGA CHEIA, PREPARAR PARA A PARTIDA! A CASA É DE 1912 E OS NETOS E BISNETOS MORAM NELA E EXPLORAM A GASTRONOMIA TURÍSTICA!

11 comentários:

Sonia disse...

Que lindas essas fotos, Santilli! O fogão antigo e as peças de alumínio reluzentes, estão demais!

Uma graça essa casa antiga. Você parece muito feliz e confortável!

Pereira disse...

A Serra gaúcha é muito bonita e você pegou bem o detalhe. O fogão é artístico.Essa casa não fica em Gramado?. Para quem gosta de flores as hortências são indescritíveis. Parabéns Santilli

quintarantino disse...

Caramba, Santilli... rica vida essa, meu amigão. Fogão desse é certeza absoluta de comida divinal... claro, depois o amigo tem de ficar ali quase deitado nas escadas a descansar... Gostei de ver.

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Quintarantino, isso está me custando uma enorme dieta!!
Já pensaste passar fome no Natal?
Mas que comi, lá isso comi...de me refestelar pela escada!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

É Sonia, é que não tinha bola de cristal!!!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Pereirão, nem sei onde fica, pois nessa ocasião eu só pensava naquilo..., estava recém casado!!!
Só sei que fui para Serras Gauchas, Gramado, Caxias do Sul e adjacências!

Laerte disse...

Pelo tipo de construção está me parecendo Blumenau.

Este escorregão na escada eu creio que foi antes da serra gaucha.

Eduardo P.L. disse...

A tradição que só os gauchos sabem cultivar!

O template GIGANTE.....
Aqui temos fartura em tudo....

(;-))

Dave disse...

Those rooms look like scenes out of the past! :-)

Have a great Christmas!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Realmente Eduardo,

é a tradição que veio de bisavós e chegou aos bisnetos. Foram hábitos, culturas, educação e tradições que não se desintegraram sob a influência da cultura local.
Sentimo-nos de fato no país de origem, quando entramos em convivência mais próxima!
Só me faltou falar alemão!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Veja Sonia temos também agora o DAVE, lá do Canadá!
Muito humano e nostálgico seu comentário.
Bom tê-lo conosco.